Remédios para Emagrecer: Saiba como eles funcionam e se vale a pena!

remédios para emagrecer
Emagrecimento

Muitas pessoas têm dificuldades de perder os quilos extras por conta de uma série de fatores, desde os genéticos, até aqueles externos que precisam ser vistos com cautela, e na busca pelo corpo perfeito, ou por atingir um padrão de beleza, é comum recorrer aos remédios para emagrecer, mais assim como outras medicações, a pessoa necessita ver essa solução com uma certa cautela, e o principal é saber quais são liberados e quais são proibidos.

Questões que envolvem os remédios para emagrecer não é algo novo, ou seja, mesmo algumas substâncias sendo proibidas, é comum encontrar pessoas que as utilizam no dia a dia, juntamente com uma elevada carga de exercícios, tudo para fazer com que os seus resultados sejam ainda mais rápidos.

E foi pensando nesse público, que a câmara dos deputados já enviou para a presidência uma lista de remédios que atualmente não podem ser comercializados, porém, que são extremamente conhecido pelas pessoas que desejam emagrecer rapidamente, como aqueles que têm como base a sibutramina, anfepramona, mazindol e femproporex.

Vale ressaltar que durante muito tempo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária havia proibido o uso dessas substâncias, de acordo com a Anvisa, o uso desses medicamentos poderia acarretar problemas cardíacos no paciente, porém, novos estudos mostraram os seus benefícios, desde que o uso seja feito sob a supervisão de um profissional responsável.

Precisa de receita para remédios para emagrecer?

Uma dúvida muito frequente entre as pessoas é se precisa de receita para comprar um bons remédios para emagrecer. Essa obrigatoriedade depende da fórmula de cada medicamento. No caso dos compostos citados acima, o texto enviado para a Presidência da República prevê que a sua comercialização só poderá ser feita através da receita médica. Em outras palavras, somente um profissional da área poderá indicar esse tipo de medicamento para os seus pacientes.

No entanto, existem outros medicamentos disponíveis no mercado onde a receita médica para comprar os remédios para emagrecer não é obrigatória. Enquadram-se nessa categoria, os medicamentos considerados naturais, nesse caso, basta apenas que a pessoa peça ao balconista e pronto. É evidente que cada organismo pode reagir de uma maneira diferente, ou seja, o que funciona para uma pessoa, pode não funcionar para a outra, logo, buscar a ajuda de um médico é muito importante.

Segue uma lista dos principais remédios para emagrecer que não precisam de receita médica, e que realmente funcionam:

  1. Extrato faseolamina;
  2. Hidroxicitrato (HCA), extraído de tamarindo;
  3. EGCG, extraído do chá verde;
  4. Picolinato de cromo para aumentar a massa magra.

remédios para emagrecerRemédios para emagrecer Tem efeito colateral?

Assim como os outros medicamentos, os remédios para emagrecer também costuma apresentar efeitos colaterais, sendo que, cada medicamento possui compostos diferentes, o que acaba acarretando efeitos diferente.

Para saber exatamente como determinado remédio irá agir no seu organismo, o ideal é sempre consultar a bula, e lê com calma todas as contraindicações antes de começar o seu uso.

Outro ponto importante é saber se a pessoa é alérgica a algum componente da fórmula do medicamento, uma vez que, quando ingerido, poderá acarretar problemas mais sérios no futuro.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dieta do ovo funciona de verdade
Emagrecimento
Dieta do ovo: Saiba como funciona e todos os mitos e verdades sobre ela!

Durante muito tempo o ovo era visto como um verdadeiro vilão da saúde, com o passar do tempo, e com novas pesquisas surgindo, ele passou a ser o mocinho na história, sendo que hoje em dia a dieta do ovo é uma das mais conhecidas, e para aderir a essa …